Vantagens e desvantagens da escola pública. Violência e aprendizado

Como acabar violência na escola ou no ambiente escolar? Quais as diferença entre a escola e a vida no aprendizado? Quais são as vantagens que as escolas públicas proporcionam no Brasil?

Pergunta 1:

Quais são as vantagens e desvantagens de se estudar em uma escola pública no Rio de Janeiro? Pois preciso fazer uma redação e estou sem idéias de resposta.

Isabel - Rio de Janeiro


Pergunta 2:

A violência é um mal que assola a sociedade desde seu início, no Brasil há níveis alarmantes e uma das maiores vítimas é à escola, tanto alunos como professores e demais profissionais da educação. Como acabar com a violência na escola de uma forma definitiva e promover uma vida mais saudável a todos?


Pergunta 3:

Podemos dizer que a vida é uma escola ou o conceito de escola está apenas relacionado aos processos formais de educação organizado para promover o aprendizado? O que aprendemos durante nossa caminhada conta e pode-se juntar ao aprendizado formal também?

// Respostas

Resposta para a pergunta 1:

A escola pública, independente do estado, tem muitas vantagens pois é gratuita e o acesso é ilimitado, ou seja, o estado tem a obrigação de manter as vagas necessárias para os alunos estudarem. Naturalmente que isso acontece na chamada educação básica que é composta pelo ensino fundamental e ensino médio. Outra vantagem é que a partir de 2013 iniciou um programa de cotas nas universidades públicas federais para alunos da escola pública, com isso os alunos que estudaram durante todo o ensino médio na escola pública enfrentará uma concorrência diferenciada no acesso ao ensino público superior.

Como desvantagem cito a qualidade questionável na maioria das escolas. Esta falta de qualidade quase sempre é atribuída a baixos salários de professores, falta de qualificação dos mesmos, infraestrutura precária, mas principalmente pela violência, drogas e outros problemas sociais que estão presentes em muitas escolas.

Curiosamente no Brasil há uma estranha inversão de qualidade da educação básica para a superior, pois na educação básica as escolas particulares são reputadas como melhores e as públicas inferiores. Já na educação superior é exatamente o inverso.


Resposta para a pergunta 2:

A violência é um mal que assola a humanidade desde os tempos mais remotos, na Bíblia encontramos logo nos primeiros capítulos o primeiro ato de violência praticado por um ser humano encontro seu próprio irmão. De lá pra cá a coisa nunca parou e em determinadas regiões a situação é muito mais grave do que outras, mas na prática a violência está em todos os lugares. Inclusive na escola, uma instituição que tem como objetivo formar pessoas inclusive prevenindo os atos de violência e preparando as pessoas para viver dignamente e em paz dentro da sociedade onde está inserido, mas temos observado no Brasil nos últimos anos um aumento da violência no âmbito escolar, problema é esse que preocupa muito os educadores, pais, estudantes eu próprio governo.

Ironicamente, a proposta que tem se apresentado para acabar com a violência é a própria educação, mas quando a instituição que deve desenvolver a educação e promover a paz é vítima da própria violência? Esta é uma pergunta bastante difícil de responder, mas é fato que a educação é mesmo o caminho para acabar ou minimizar os atos de violência dentro e fora da escola. Quando falamos em educação é preciso pensar também fora da escola, afinal educação acontece desde o momento em que uma criança nasce até o momento que morre, em qualquer lugar que esteja. É preciso pensar a educação que vem da TV, da internet, das ruas, músicas, do convívio social, bares, entre outros locais. A escola é um dos elementos promotores da educação, mas todos os demais acima citados também promovem algum tipo de educação, ainda que seja uma educação que estimule a própria violência.

Portanto é preciso repensar todas essas coisas, afinal o que a TV está ensinando? O que os jovens estão aprendendo com as músicas? No cinema? Quais as lições de casa os jovens trazem para casa depois de um dia na rua? Educação é pensar em tudo isso.


Resposta para a pergunta 3:

A vida é uma grande escola, frequentemente ouvimos coisas parecidas com isso não é não é raro de ouvirmos que determinada pessoa aprendeu com a vida ou que precisa aprender com a vida. Desta forma há uma similaridade entre aquilo que conhecemos como escola formal e regular e aquilo que existe no dia-a-dia das pessoas, afinal o aprendizado não é necessariamente algo metódico, repetitivo ou sistemático, desde o momento em que acordamos até o momento em que vamos dormir, desde o momento em que nascemos e até o momento em que morremos, estamos aprendendo alguma coisa seja de forma implícita ou explícita.

Desta forma é possível afirmar que a diferença entre escola e à vida é que a primeira é sistemática, formal e metódica, isto é, na escola formal existe métodos de ensino ou sistema que determina os níveis do progresso da educação de uma pessoa. Na vida é aprendizado constante, mas muitas vezes ele sequer é percebido pela pessoa, mas ele existe assim como na escola formal.