Profissão de Técnico de Enfermagem. Salário, Coren e mercado, mercado de trabalho e salário

Veja abaixo as opiniões das pessoas que optam por enfermagem. Como é a profissão de enfermagem e o que pensam os profissionais sobre o salário, a formação e o mercado de trabalho?

Há muitas dúvidas sobre a profissão de enfermeiro e a enfermagem como um todo. Salário, o tipo de formação, bem como as condições no campo do trabalho, são alguns dos assuntos de mais interesse.

Veja abaixo a opinião dos profissionais desta área.

// Respostas

Tem carga horária de 40h semanais trabalho pesado, remuneração de $800, trabalhamos sábados domingos e feriados, o descaso com esse profissional chega ao extremo é desumano você chega a ser responsável por até 16 pacientes dentro de uma enfermaria tendo que realizar higiene pessoal, curativos, medicação, leva-los para realizar exames, troca de leitos, limpeza da unidade, administrar dieta quando necessário e como se não bastasse tolerar médico sem educação.

elis - tres lagoas ms


Eu sou uma técnica recém-formada na área, acho essa profissão muito linda e digna pretendo exercer com muito carinho e dedicação aos meus pacientes, mais eu reclamo de alguns técnicos que não deveriam estar nessa profissão pois são rudez com os pacientes se fosse algum parentes não tratariam mal e sim com toda atenção bom este é o meu ver sobre a enfermagem, a enfermagem é a arte de cuidar

Ana Paula Santos de Almeida - recife/PE


Sou formada como técnica de enfermagem, mas ainda exerço o auxiliar. O que eu sei da profissão é que só quem entra nela por amor é que permanece, somos muitas vezes rotulados como insensíveis o que não é verdade. O verdadeiro profissional coloca o bem estar acima de tudo, até mesmo quando colocamos a nossa saúde em risco. Não temos vida social, familiar sem pensar no trabalho e nos sentimos muito bem quando estamos rodeados de curativos, banhos de leito, pcr e outras pequenas rotinas que reclamos muito, mas não trocamos a nossa profissão por nada. Digo sempre que para trabalhar na área da enfermagem não de ser muito bom da cabeça. Pois lidar com fezes, vômitos, sangue, não ter feriados, ano novo não ver os filhos crescerem, problemas de coluna e stress, e diante disso tudo respirar trabalho não querer largar. Somos ou não pirados?

luciana - Cachoeirinha/RS


Era meu sonho,fiz o curso de auxiliar e depois o de técnico,e por ironia do destino comecei a exercer,mas fui embora do Brasil e me arrependo muito,pois era meu sonho e quem entra na área da saúde tem que ser por amor,por ser uma profissão muito desgastante,mas também é recompensadora.O tempo que exerci a profissão foram os melhores momentos de minha vida .Um sonho que ficou para trás.A enfermagem é arte de saber cuidar bem.é doar-se.

katia santos - Portugal


Bom, a profissão é ótima, pena que o salário não compensa o trabalho.o corem só sabe cobrar dos profissionais nos ajudar nada. Ainda não conseguir pagar minha anuidade este ano por conta do salário baixo. Eu trabalho no centro cirúrgico gostaria de ter treinamentos periódicos para estar sempre me reciclando. Eu acho que pelo menos o corem poderia nos proporcionar

marcia amaral - igarape-miri/pa


Técnico em Enfermagem uma profissão muito bonita, que merecia salário digno e reconhecimento por todos, porque a vida humana esta em nossas mãos e não podemos errar nunca um erro é uma morte, mas não é isto que encontramos em nossa batalha do dia a dia, e temos que encarar jornadas de até 24hs sem descansar para termos vida digna porque nosso salário não está compensando, mas o que dizer, o governo guardou nosso aumento na gaveta dos senadores e deu aumento para eles e deixou nosso salário essa vergonha... pobre tem que ralar mesmo.

teresa - jacareí SP


E um profissão que merece muito respeito, mas infelizmente isso não acontece, salários muito baixo,tempo de serviço puxado de mais,falta de apoio do poder publico como dos próprios pacientes,muita responsabilidade e total descaso com a situação que trabalhamos, alguém precisa olhar pra essa categoria tão injustiçada nesse pais e indispensável a vida humana.

vanderleia gariela de oliveira - Cruzeiro/SP


Eu comecei a fazer o curso de tec.enfermagem no ano de 2010, mais parei, me arrependo muito pois ja fiz um tanto de curso e não me identifiquei com nenhum deles, sinto em meu coração que só a enfermagem me fará feliz, só fico em dúvida, se faço o técnico ou faculdade de enfermagem, com relação a remuneração, o salario e bem baixo, mais não devemos escolher uma profissão por causa de dinheiro e sim se ela nos fara felizes, porque felicidade não tem preço!!!!!!PARABÉNS PRA QUEM EXERCE ESSA PROFISSÃO COM AMOR E DEDICAÇÃO!!!!!!!!!!

Renata Martins - Belo Horizonte/MG


Então muito lindo, vocês são super apaixonados pela profissão que bom, mas vocês não dizem o salario que recebem, gostaria muito que cada um coloca se o o valor do salario, pra ver se incentivam ou não que tem o interesse de fazer o curso, obrigado.

José Jetar - São Paulo


Farmacêutica e Bíoquimica é a minha profissão, que fiz com muito orgulho. O profissional tem muitas áreas de trabalho como indústria farmacêutica, farmácia hospitalar,manipulação, homeopatia, telemarketing farmacêutico, drogarias(estas foram as áreas das quais eu já atuei), entre outras áreas. O reconhecimento ainda não é muito considerável e somos discriminados por outras profissões da área da saúde. Por isso as vezes a minha indignação em relação a profissão. E outra a carga horária de trabalho e o piso salarial não são condizentes com o que o profissional faz e não temos tempo para a família. Bela profissão mas pouco valorizada. Procuro me especializar e ver se irei mudar a minha visão a cerca da profissão.

soraya - São Paulo


Eu gosto muito do que faço pois faço com amor porém é injusto um técnico em enfermagem ter um salário baixo assim,está muito desvalorizada a nossa profissão, vamos lutar por um salário digno, pois chegará tempos de escassez nessa profissão pois precisamos sobreviver, tenho fé que haverá um aumento no nosso piso.

Rebeca de Souza Kayatt Sales - ceará


É muito prazeroso fazer algo pro próximo, sendo fazer a higiene dele entre outras, não podemos pensar só no dinheiro ou no cansaço, se dedicar a ajudar alguém que necessita é muito bom, essa profissão é uma benção de Deus.

Helen - São Carlos


Apos 15 anos vivendo e trabalhando nos Estados Unidos, bateu a saudade da nossa terra, e a vontade de voltar. Trabalho como assistente de enfermeiro(técnico de enfermagem) em um hospital, aqui numa cidadezinha no interior do Estado de Nova Iorque. Neste hospital trabalho em diversos setores diferentes, como psiquiatria, Alzheimers, reabilitação pós cirúrgica, emergência e CTI. Tenho formação técnica, com certificação. Os horários de trabalho variam de 7 as 3 da tarde, 3 as 11 da noite e 11 as 7 da manha. Você pode ter uma carga semanal de 40 horas, quando passa destas horas você começa a receber hora extra que e de uma hora e meia. Então se você trabalha seus 5 dias normais e se te chamam para trabalhar mais algum dia extra(o que e muito comum) você já esta fazendo hora extra.Eu costumo trabalhar por volta de 64 a 72 horas por semana, pois você pode dobrar, ou seja, trabalhar por exemplo num mesmo dia das 7 da manha ate as 11 da noite. A partir das 3 da tarde ja e hora extra. O salario como em todo lugar do mundo varia muito. Aqui recebo $17.80/hora(dólares). Em uma semana de trabalho(aqui se paga por semana) posso receber ate $900,00(dólares por semana) fazendo 8 jornadas. das quais 3 são extras. Tenho todos os benefícios que são estendidos para minha esposa. Alem do que você pode almoçar e jantar no hospital de graça. O pessoal, a equipe, e formada por excelentes profissionais da área, na qual o relacionamento e de primeiro nível. Consultando a internet vi os salários que pagam ai para a minha função. Fiquei alarmado. Pois sei que o faturamento de um hospital e muito grande. Como podem pagar um salario destes para uma pessoa que estudou dois anos ou mais, para cuidar, e muitas vezes salvar a vida de um ser humano? E pelo que estou sabendo vocês ai estão lutando para 30 horas ?? Isso realmente e um absurdo! O Brasil aqui fora esta muito bem visto. Mas acho que e só pra quem esta de fora. Acho que tem muita coisa pra ser mudada ai ainda. E uma pena. Pois quando sai dai, a 15 anos atras, quando fui praticamente expulso do meu pais, depois que minha empresa, que era estadual, foi privatizada, e me mandaram embora apos 18 anos de serviços. (Nem um obrigado) Ainda não tenho condições de voltar. Sera que tenho que esperar mais quinze anos?

Marco - New York - USA


Para o Marcos que mora em New York, fica por aí mesmo, sempre escuto os profissionais da área reclamando, do baixo salário e das condições, de as vezes não ter nem caixa de curativo estéril para usar. Somos tratados que nem escravos, só gente mandando, porque tem nível superior. Aqui é assim tem nível superior se acha melhor que os outro, e ainda ganha mais que um técnico que trabalha pra burro e ganha que todo mundo. Fiz o curso porque gostava, trabalhei em asilos particulares, é o único lugar que paga ou -, só que o trabalho também não é valorizado. Aqui pra conseguir trabalho em um hospital ou clínica tem que ter cunha, me ofereceram um trabalho para cuidar de paciente em domicilio, para ganhar $ 640,00. Gosto da profissão, mas estou partindo para outra.

ROSANA - São Carlos- SP


Agora me desanimei com as opiniões, salario baixo, serviço puxado, etc Acho que desisti. Que tristeza não gostei.

natiele neves machado - indaial sc


É uma profissão que para permanecer tem que gostar, pois o salario é uma vergonha, muito trabalho, desvalorização,abusos de enfermeiros e médicos, pois acham que somos seus empregados, eu não aconselho ninguém fazer esse curso eu mesmo se pudesse voltar o tempo, faria outra coisa, como informatica, eles ganham muito mais para salvar maquinas do que nós para lidarmos com vidas humanas, temos que nos unir para mudarmos essa situação, só assim conseguiremos algo.

Ana Carla Andrades - Fortaleza-CE


Trabalho em hospital particular, o salario é pouco, as vezes temos que cuidar de 12 pcte na enfermaria, fazendo desde higiene intima até limpeza de leito. O salario é pouco, não temos domingo e feriado para lazer, sem contar que a maioria dos médicos são mal educados. Se pelo ao menos o salario fosse melhor. Estou fazendo outros cursos para mudar de profissão. Adoro oque eu faço. Mas não da par sobreviver com este salario, trabalhamos só para nós alimentar, sem contar o estress que familiares e pct passam para a gente. Nosso salário deveria ser melhor. Obrigada pelo espaço!!

Jocelia - Cascavel Pr


EXERCI MINHA PROFISSÃO; TÉCNICO EM ENFERMAGEM COM MUITO AMOR E RESPONSABILIDADE ESSA É UMA PROFISSÃO PARA QUEM TEM VOCAÇÃO E EU FUI UM DOS CONTEMPLADOS POR DEUS

Josivaldo Dias - Cajazeiras, paraíba


O Técnico Enfermagem é uma profissão boa, mais o salário é muito baixo, mais a culpa é do próprio profissional. porque? eles não procura seus direitos, fica calado e só tem de aumento mais trabalho e mais horas de trabalho. Acredito se todos,digo todos se junta-se e fosse pras ruas, lutar pelo um salário digo da categoria, com certeza ia melhorar e o técnico não precisava trabalha tanto. Lutar pelos os direito é deve de todos.

Ana Carla - Recife-pe


Fiz o curso técnico em enfermagem do trabalho, sou ferista na minha empresa pelo terceiro ano consecutivo, Mas gostaria de ser efetivada na verdade pois aqui exerço outra função. Estou procurando um emprego nessa área mas não consigo pois não tenho experiência comprovada na carteira. Alguém ai tem uma sugestão pra me dar?

Sandra Nunes - Salvador-Ba


Estava decidida a fazer o técnico de enfermagem, mas depois de tudo que li já desisti. Que pena agora terei que pensar em outra coisa.

PATRICIA - SP


Estou fazendo o curso técnico em enfermagem e espero sinceramente melhorias para a classe ou melhor misericórdia daqueles que estão no poder, será que eles não pensam que um dia um familiar, um amigo ou até mesmo eles vão precisar dos cuidados de um técnico em enfermagem mal remunerado, cansado, sobre carregado, sem esperanças e decidido a largar tudo em troca de uma profissão que o valorizem mais, tenho certeza que ninguém estará livre deste mal, então, espero que pensem no dia de amanhã, pois o futuro não pertence a nóis!!! Concluindo técnico em enfermagem em 2013!

Luciana - Recife-PE


Sou técnico de enfermagem mas sou contratada como auxiliar de enfermagem. .trabalho em Hospital Psiquiátrico ha onze anos. Gosto do que faço, adoro meus pacientes. Só acho que nossa profissão não é valorizada,não tem reconhecimento nenhum, somos tratados como uma das piores profissões. Tenho uma carga horaria de 42 horas semanais e a remuneração básica é de 622,00. Mas é muito gratificante ver um paciente que agente cuidou bem. Esse sim é o nosso melhor reconhecimento. É extraordinário.

Maria Aparecida da Silva Santos - ANÁPOLIS


Bom, estou fazendo o curso técnico em enfermagem, algumas pessoas falam que seria melhor se eu fizesse enfermagem na faculdade, mas o meu eu diz que é melhor o técnico primeiro. quero cuidar de doentes e passar a eles todo carinho e dedicação, acho essa profissão linda. estou preparado para tudo.

ismael - ilheus bahia


Trabalho em uma clínica como atendente de consultório durante o dia recebo 682,00 e a noite faço o tec. de enfermagem, até o presente momento estou gostando de tudo e espero que continue assim ocorrendo bem!! E que eu possa exercer minha profissão mais rápido possível...

Aline Andrade - Simão Dias


Sucesso profissional é individual. A carreira é muito bonita, mas temos q cada vez nos aperfeiçoar mais e mais, pois a concorrência é grande e existe sim bons concursos que paguem bem, basta cada um ver o q é melhor para si e estudar muito se quer se destacar nessa carreira, cada um escolhe seu caminho, ou procura algo melhor,ou se acomoda com pouco

Déborah - Rio de Janeiro


Vou iniciar um curso técnico de enfermagem no inicio do ano que vem, gosto da área da saúde,e mesmo não ganhando fortunas é nisso que quero me aperfeiçoar, deixo um conselho aos que querem fazer o curso, não dê ouvidos a quem tanto critica a profissão, se fosse tão ruim assim porque sera que existem tantos? Porque tem pessoas que estão a tantos anos na área? Será que não são capazes de arranjar algo melhor? Cada um é cada um,não é porque fulano não gosta que ciclano também não vai gostar. Uma coisa é certa, acredito que tem que ter um dom especial para poder cuidar de pessoas,infelizmente existem muitos enfermeiros que não tem esse dom! Sucesso a todos!

patricia - jau


Eu fiz o curso técnico de enfermagem, por falta de opção. Estava desempregada e na época tinha 20 anos. Não tinha nada a perder, e meus pais pagaram para mim. No inicio achei ótimo, a parte teórica, me dediquei pra caramba tirava as melhores notas. Quando cheguei na parte de estágio eu desanimei totalmente. Essa profissão trabalha-se demais, demais mesmo e ganha muito pouco. Além de ficar obedecendo ordem de enfermeiro. Não vou mentir não é um mar de rosas, só é pra quem gosta. Eu me arrependo, se pudesse voltar no tempo teria ido pra faculdade de enfermagem direto. E se pudesse trabalhar em outra coisa no momento, não seria técnica.

Anonimo - Rio de janeiro


Eu preciso sair de enfermagem. Eu desencorajar a entrada de todos no campo. Não conheço enfermeiros que gostam de seu trabalho. As famílias de pacientes são impossíveis, e exigem mais atenção do que os pacientes. Eu sempre tenho que limpar cocô, lidar com pacientes com demência que caem no chão, não tem o apoio da gerência, e Deus me livre alguém vai mal. Cabe à enfermagem para monitorar e corrigir os erros cometidos por todos os outros departamentos da dieta à farmácia. Se algo der errado sempre será atribuído ao enfermeiro. Estou cansado de perder finais de semana e férias com minha família apenas para gastá-los a limpeza de excrementos e de ser repreendido pelos pacientes e familiares. DO NUNCA se tornar uma enfermeira.

Railda - Contagem/ Minas Gerais


Sobre o comentário da Patricia: "Vou iniciar um curso técnico de enfermagem no inicio do ano que vem,gosto da área da saúde,e mesmo não ganhando fortunas é nisso que quero me aperfeiçoar,deixo um conselho aos que querem fazer o curso,não dê ouvidos a quem tanto critica a profissão,se fosse tão ruim assim porque sera que existem tantos? Porque tem pessoas que estão a tantos anos na área? Será que não são capazes de arranjar algo melhor? Cada um é cada um,não é porque fulano não gosta que ciclano também não vai gostar. Uma coisa é certa,acredito que tem que ter um dom especial para poder cuidar de pessoas,infelizmente existem muitos enfermeiros que não tem esse dom! Sucesso a todos!" Já pensei assim como você, hoje eu penso diferente: Penso que cada um tem o direito de se iludir e se decepcionar depois. As pessoas não saem por falta de condição. A maioria, mãe de família, ou pai, que não têm condições para pagar outro curso. Graças a Deus, não é minha situação. Sim, concordo com o dom: vc necessita ter baixa autoestima e não ter interesse nenhum em conquistar algo na vida, e muita paciência para tolerar médicos prepotentes e mal educados, que pensam que têm o rei na barriga, isso sem falar nos pacientes e acompanhantes. O Conselho de enfermagem, não nos ajudam em nada...é uma carga desgastante, e baixa remuneração. Seu comentário é típico de quem realmente não conhece o serviço na prática.

Marcinha - Divinolândia/São Paulo


Graças a Deus, ter que me acomodar na profissão, não será a minha condição, porque consegui prestar um vestibular, e estudo gratuitamente, porque se dependesse do trabalho, isso não seria possível. É uma profissão muito útil a sociedade e que deveria ser mais respeitada em todos os sentidos. Quero deixar claro isso, é preciso uma mobilização para mudar para melhor.

Marcinha - Divinolândia/Minas Gerais


Gente eu tenho amigas recém formadas como técnica que ganham R$ 1700.00 ou mais aqui em São Paulo, o problema é que o custo de vida aqui é altíssimo ou seja ganhar Quase R$ 2000.00 aqui é como ganhar quase R$ 1000.00 em uma cidade menor... Realmente está muito defasado os salários dos técnicos mesmo assim quero entrar, primeiro por necessidade e segundo por amor a profissão. Eu queria saber a faixa salarial do pessoal de São Paulo!!!

Rafaela V - São Paulo


Estou em dúvida que curso fazer. Amo a área da saúde,tenho muita vontade de trabalhar em hospital, ia fazer farmácia, mas mudei de ideia e no final vou prestar vestibulinho para ETEC e quero fazer enfermagem. Acho uma profissão linda, a arte de cuidar, sei que o salario não é aquelas coisas, mas acho que existem recompensas maiores. Cuidar de pessoas que necessitam, talvez na pior fase da vida, e ver essa pessoa sair curada deve ser muito gratificante saber que fiz parte da recuperação dessa pessoa. Estou decidida, vou fazer enfermagem, tenho vocação para cuidar, então vou unir o útil ao agradável! Parabéns aos profissionais!

Patricia Di Chiachio - Jaú/SP