icone

Profissão: Operador de Tráfego, mercado de trabalho e salário

Como é a profissão de Operador de Tráfego? Como é o mercado de trabalho, formação necessária e salário de quem trabalha como Operador de Tráfego?

 

Como é a profissão de Operador de Tráfego? Como é o mercado de trabalho, formação necessária e salário de quem trabalha como Operador de Tráfego?

PG – –

// Respostas

SOU OPERADOR DE CENTRO DE CONTROLE DE OPERAÇÕES CCO – DE RODOVIA E NOSSA FUNÇÃO É O MONITORAMENTO DO TRAFEGO ATRAVEZ DE CFTV, ACIONAMENTO DE RECURSOS INTERNOS TAIS COMO GUINCHOS , VIATURAS E INSPEÇÃO DE TRAFEGO E RESGATE E AMBULANCIA PARA ATENDIMENTO DE ACIDENTES E MAL SUBITOS ATRAVEZ DE RADIO COMUNICAÇÃO – ACIONAMETNO DE ORGÃOS EXTERNOS TAIS COMO POLICIA RODOVIARIA, BOMBEIROS E HOSPITAIS.ATENDIMENTO DE TELEFONES DE EMERGENCIA AO LONGO DA RODOVIA. É UM TRABALHO QUE EXIGE CONCENTRAÇÃO E BASTANTE AUTO CONFIANÇA. TER DOMINIO DA SITUAÇÃO.CONHECIMENTO DA RODOVIA E AGILIDADE NAS DECISÕES.

JOSE HAMILTON DE OLIVEIRA SARDINHA – são jose dos campos/sp


pretendo exercer essa´profiçao trabalho na contruçao civil de armador de ferragem estou querendo mudar de profiçao se poder me ajudar agradeço..

alan santiago da silva – rio de janeiro


Venho por meio deste saber qual é o verdadeiro , piso salarial desta categoria, e se essa é a funçao que exerço aki na empresa que trabalho , mais na verdade a função que exerço aqui é dirigir reboque, será que tem alguma coisa errada, a empresa que trabalho esta de alguma forma , errada.deste de já agradeço a atenção.

Mario Luiz de Oliveira – Rio – Rio de Janeiro


Pena que tudo um dia passa. Para mim infelizmente encerrou a profissão por ter tido a época um grave problema de saúde. Mas vamos lá. O operador de centro de controle de operações no caso em questão, e um profissional privilegiado, que como todo o exposto pelo caro José Amilton, e profissional responsável pela interface concessionária e usuário, promovendo da maneira mais próxima da perfeição quando possível um atendimento imediato que satisfaça a necessidade deste no momento de necessidade, seja apoio mecânico e principalmente nas eventualidades que possam acometer as pessoas enquanto em deslocamento pelás rodovias do pais, buscando incansavelmente junto com uma equipe de abnegados,( inspetores, gincheiros, o precosocorristas, e outros profissionais)miimizar o sofrimento dos usuários em momentos difíceis. Fui e si apaixonado pé oficio que gostaria um dia de poder voltar a exercer. Sei que concessões de rodovias por vezes sao questionadas pela cobrança despedagio, porém tenhoma declarar, que a vida e a sobrevida pôs trauma , proporcionada, pelo atendimento dos profissionais ds concessionárias justifica, o preço pago.

Everaldo Sebastião de lima – Sao Paulo sp



 

Outras Perguntas Frequentes: