Porque a zona urbana precisa da zona rural?

O estilo de vida pode mudar muito de uma região para outra ou de uma cidade para outra, assim como pode ser bastante diferentes entre morar no campo e morar na cidade. Isso tem a ver com a definição de zona rural e zona urbana?

A zona urbana ou cidade depende da zona rural? Por que as cidades dependem do campo ou da sua zona rural se nas cidades tem tudo que as pessoas precisam?

// Respostas

Na zona urbana ou na cidade temos a falsa sensação de que temos tudo que precisamos, mas isto não é verdade uma vez que dependemos da zona rural ou do campo para toda a produção agrícola de alimentos que necessitamos. A vida moderna e as grandes cidades trouxeram uma falsa sensação de que tudo que existe no mercado é industrializado e produzido nas cidades, mas mesmo os itens que são produzidos na indústria dependem de matéria prima que vem do campo ou das zonas rurais.

A zona urbana ou cidade é uma aglomeração de pessoas, mas ela não tem sustentabilidade própria, necessitamos da zona rural ou do campo para produzir os alimentos que consumimos na mesa, também são nesses locais onde é produzida a energia hidrelétrica, entre outras coisas que precisamos. Na verdade a definição de zona urbana e rural não tem grande importância a não ser administradas pública, para muitas pessoas as duas coisas se fundem em uma só, tornando imperceptível a diferença de uma e outra do ponto de vista de importância para as pessoas.

Resumidamente a importância da zona rural para as cidades:

  • Produção de alimentos em larga escala
  • Captação de água para o consumo nas cidades. A disponibilidade de água, bem como as condições dela depende e muito de fatores rurais
  • Regular temperatura. Há uma diferença significativa entre a temperatura na cidade, especialmente nas de médio e grande porte, com a temperatura na zona rural
  • Filtrar e armazenar água da chuva. Enquanto nas cidades as chuvas muitas vezes é vista como problema, na zona rural a água infiltra na terra e alimenta os lençóis freáticos e abastece aquíferos.
  • Produção de madeira, areia, pedra e uma grande quantidade de matérias primas que são usadas na construção civil, nas indústrias e em outros locais.
  • Entre outros.

Diferença entre a zona urbana e rural

O estilo de vida pode mudar muito de uma região para outra ou de uma cidade para outra, assim como pode ser bastante diferentes entre morar no campo e morar na cidade. Isso tem a ver com a definição de zona rural e zona urbana? Quais as diferenças entre eles e o que isso significa no estilo de vida das pessoas que moram em cada uma dessas regiões.

Por zona rural podemos considerar toda a extensão de terra que compreende as áreas que estão fora das cidades. A zona rural pode ser definida também como campo, roça, área rural, entre outros nomes. Normalmente ela está dividida em grandes extensões que são chamadas de fazendas ou em partes menores como os sítios e até as chácaras. O controle da zona rural não é feita como nas cidades e ali os proprietários tem mais liberdades de uso da terra e as edificações não estão sujeitas aos padrões de construções como ocorre na área urbana. O proprietário rural, contudo, precisa pagar o ITR que é o Imposto Territorial Rural que é similar ao IPTU usado nas cidades.

A zona urbana compreende as formações que chamamos de cidades e que tem algumas características de aglomerações de pessoas, edificações e infraestrutura de serviços bem definidos, como o fornecimento de água, luz, esgoto e outros necessários à vida urbana. A zona urbana é administrada pela prefeitura que cobra o IPTU dos proprietários de imóveis, bem como estabelece o chamado plano diretor que define regras quanto ao uso do solo, edificações, transporte urbano, entre outras definições.

No Brasil, houve o chamado êxodo rural que foi uma migração em massa das pessoas que viviam na zona rural para a zona urbana. Esta migração trouxe problemas para ambos os lados. Para a zona rural houve certo esvaziamento da atividade agrícola e nas cidades existe até hoje problemas de espaço, habitação, trabalho, entre outros.