icone

Por que algumas rodovias têm pedágios e outras não?

Por que algumas rodovias têm pedágios e outras não? Quem trafega pelas rodovias do país já deve ter notado que muitas rodovias são pedagiadas, ou seja, tem pedágios, enquanto que outras não têm.

 

Quem trafega pelas rodovias do país já deve ter notado que muitas rodovias são pedagiadas, ou seja, tem pedágios, enquanto que outras não têm. Por que isso acontece e quais as diferenças entre uma e outra a ponto de haver esta diferença?

PG – PG

// Respostas

A ideia do pedágio é arrecadar fundos que serão usados para a manutenção da estrada e este é o único motivo que justifica a cobrança a tarifa para quem trafega nas estradas do país. No Brasil a cobrança já é bem antiga em algumas praças, mas teve seu ápice com a privatização de inúmeras estradas no Brasil, especialmente no estado de São Paulo onde as principais rodovias passaram para a administração da iniciativa privada.

Pedágios nas rodovias administradas pelo governo

Quando uma rodovia é administrada pelo governo, seja ele municipal, estadual ou o governo federal, a justificativa da cobrança é diretamente para os custos de manutenção da estrada, já que o governo não visa lucro e sim o uso do dinheiro público para o bem público.

Pedágios nas rodovias privatizadas

Mas quanto a rodovias que foram privatizadas é preciso considerar que essas empresas visam lucro e portanto o valor do pedágio inclui também o lucro das empresas concessionárias e administradoras daquela estrada.

O fato de algumas rodovias terem pedágios e outras não está de certa forma ligada ao fator privatização ou não. Aquelas que foram privatizadas têm pedágios e as que ficaram em poder do governo, algumas tem pedágios e outras não.

 



 

Outras Perguntas Frequentes: