Diferença entre a fala e escrita, linguagem oral e escrita

Quais as diferenças entre o que falamos e o que escrevemos? A linguagem oral é a mesma da linguagem escrita e qual a importância de analisarmos essas diferenças. Veja as respostas.

Pergunta 1: A linguagem é a forma como usamos para comunicar, correto? Mas ela pode ser de várias formas como a fala e a escrita, mas qual seria a diferença entre elas e linguagem oral e escrita? Como entender as diferenças de uma forma simples?


Pergunta 2: Há quem diz que língua escrita é uma e língua falada é outra;mas, eu por exemplo só consigo escrever como falo e falo como escrevo,como pode ser isso?

Paulensis - Cuiabá mt


// Respostas

Resposta para a pergunta 1: A fala e à escrita são formas de comunicação interpessoais ou entre as pessoas mais usadas. A fala e também conhecida como a linguagem oral diz respeito ao conjunto de palavras, sons e códigos que emitimos para comunicar com outras pessoas e expressar nossos sentimentos, ideias, ações eu outras formas de nos expressarmos para o outro. A escrita que também é conhecida como comunicação escrita ou impressa e é a forma como usamos também para comunicarmos com mundo exterior através de códigos, sinais é principalmente utilizando uma linguagem ou idioma conhecido por aqueles que são o público alvo da nossa mensagem ou da nossa comunicação.

No Brasil como temos o português como idioma principal e oficial, as diferenças entre linguagem escrita e oral são muito evidentes, principalmente pelo fato de que usamos muito mal o idioma português e na linguagem oral os erros são menos percebidos do que na linguagem escrita já que esta última permite ao destinatário de nossa mensagem uma análise mais precisa do que foi escrito, permitindo assim a percepção maior da dificuldade do uso do idioma.

Outra diferença que podemos notar é o fato de muitas pessoas não gostar ou ter mais dificuldades para usar a linguagem escrita. Isto pode ser pelo de que as pessoas preferem falar ao telefone a simplesmente mandar um email. Em boa parte dos casos um simples email conseguiria resolver o problema e transmitir a mensagem tranquilamente, mas ainda assim em muitos casos há uma alta preferência pelo uso do telefone e portanto o uso da fala ao invés da escrita.

Resposta para a pergunta 2: A tese de língua escrita e língua falada pode ser uma falácia?

Dizer que a língua falada é uma língua escrita é outra não corresponde a padrão de um idioma qualquer, já que todos os mantêm o mesmo padrão de escrita e fala, se isto quando se escreve corretamente e se lê e fala corretamente, portanto em última instância não há diferença alguma. Logo não podemos concluir como uma falácia.

Contudo se observarmos com detalhe poderemos perceber sim certa diferença, especialmente no Brasil onde o uso do idioma português é bastante complicado e na maioria das vezes de forma muito atrapalhada por quem escreve e também por quem fala. Há outro fator que devemos considerar que normalmente a escrita tende a ser mais correta no que a fala, e isto levando em consideração por pessoas que têm um pouco de domínio do idioma. A razão para isso é provavelmente o fato da língua escrita ter um registro e poder perceber erros com mais facilidade, enquanto que na língua falada o som das palavras podem ser facilmente confundido ou interpretado, desta forma se eu falo isso ou isto, na língua falada dá muita pouca diferença, enquanto que na escrita, dependendo do contexto, pode ser significativo uso de um com o outro.