Porque devo te contratar e porque devo ser contratado

Home » Finanças pessoais

Parece que alguns empresários, gerentes ou profissionais de recursos humanos costumam adotar a pergunta: Por que devo te contratar para tentar retirar do candidato alguma informação importante. Como entender esta pergunta e como justificar o porquê de eu ser contratado?

PG - PG


// Melhor Resposta

Esta é uma questão interessante e é uma forma do entrevistador buscar entender os motivos que o próprio entrevistado acha de si mesmo. No caso desta pergunta o candidato a vaga do emprego precisará pensar bem no que responder, pois muitos na ânsia de ser contratado diz coisas que não corresponde com a verdade ou cria um perfil de si mesmo que não será capaz de sustentá-lo após ser contratado.

Creio que a pergunta “por que devo ser contratado?” deva ser respondida levando em conta alguns fatores como:

O que eu posso fazer que venha contribuir para o crescimento da empresa ou do setor onde irei trabalhar. Lembre-se que crescimento não é necessariamente mais clientes ou mais vendas, pode ser melhoria na maneira de trabalhar, de atender, de organizar, etc.

O que eu posso fazer pela empresa que vá além do trivial ou melhor, além do que me mandam fazer? Isto se chama autonomia, iniciativa, empreendedorismo. As empresas buscam muito este perfil.

Qual o diferencial que eu tenho que está além daquilo que ensinam na faculdade ou outros cursos? Lembre-se que o que ensinam nas escolas todos aprenderam ou deveriam ter aprendido, mas e o extra-aula? Em outras palavras: qual é o seu diferencial?

Enfim, porque devo ser contratado é uma pergunta simples de se fazer, mas difícil de ser respondida, exceto se você fazer um planejamento e ir com a resposta pronta.

Perguntaria -



// PERGUNTAS RELACIONADAS


Responder / Comentar

Para responder ou deixar um comentário, preencha os campos abaixo é clique em Enviar.

Digite seu nome:


Digite seu email: (ele não será divulgado)


Cidade:


Resposta / Comentário: (respostas ou comentários inadequados serão excluídos)


 

2013   //   Perguntaria   //   Política de Privacidade